EDUCAÇÃO

Após críticas, Elvis se pronuncia sobre Educação




Reprodução

Na noite desta terça-feira (23) o prefeito de Santana de Parnaíba, Elvis Cezar (PSDB) se pronunciou sobre as ações adotadas pela Secretaria Municipal de Educação durante o período de pandemia. Com mais de três meses sem aulas presenciais, incluindo as férias dos professores, em decorrência da Covid-19, as críticas têm sido recorrentes, partindo de pais, alunos e até mesmo dos profissionais, e abrange desde o planejamento das aulas ditas remotas, a “exclusão” de alunos que não possuem internet para o acompanhamento das aulas, a convocação de professores a atuarem como plantonistas na SME, considerada desnecessária já que isso tem ocorrido através do Home-Office, e recentemente a suspeita de funcionários infectados no prédio, como disse o vereador Ebenezé de Paula (PSC).
  
Nesse período, o qual os pronunciamentos oficiais eram quase todos pautados nas questões de saúde, uma das poucas manifestações referentes à educação se restringiu a distribuição de marmitex aos alunos, quando o secretário da pasta, Clecius Romagnolli se pronunciou publicamente. Contudo, nas outras questões o silêncio do secretário perdurou, e acabou sendo alvo de duras críticas quanto sua conduta à frente da SME, inclusive a mais recente, ocorrida hoje em frente do prédio da secretaria promovida pelo pré-candidato a prefeito André Bastianon (PT).
 
E é diante desse cenário que Elvis, nitidamente preocupado externou através de uma “live improvisada”, segundo o próprio prefeito. “Como está difícil a gente empregar a educação online, como é um desafio, como é a preparação para nossos pais”, e aproveitou para esclarecer que não há ainda uma data para o retorno das atividades presenciais e aproveitou para fazer um apelo aos pais dos alunos “Estou precisando de vocês, mães e pais, mas eu preciso de vocês por uma causa muito nobre, que são (sic) seus filhos. Preciso de uma atenção maior, agora o seu filho precisa de uma atenção maior, ele precisa de 15 a 30 minutos  a mais por dia, ele precisa que você sente ao lado dele com as apostilas”, referindo-se ao material didático distribuído aos alunos.
  
O prefeito ainda destacou que independente da suspensão das aulas presenciais, a SME tem oferecido meios para que os alunos possam se manterem vinculados às aulas, e para isso informou que além das aulas online e plantões de dúvidas, feitos através de páginas de redes sociais de cada colégio, a partir das ações em home-office dos professores, a SME implantou a programa “Professor me liga”, o qual professores na secretaria passam a atender os alunos que tenham dúvidas.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



EDUCAÇÃO  |  08/07/2020 - 17h





EDUCAÇÃO  |  07/07/2020 - 12h







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb