POLÍTICA

Ex-Governador de São Paulo, Geraldo Alckimin é indiciado por lavagem de dinheiro e formação de cartel.




Reprodução.

Na tarde desta quinta-feira (16), o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) foi indiciado pela Polícia Federal. A apuração vem de uma investigação da Operação Lava Jato onde levantou-se suspeita da prática de cartel nas construções do Metrô de São Paulo e do Rodoanel. Além desses crimes, a operação também levantou indícios de corrupção passiva, falsidade ideológica eleitoral e lavagem de dinheiro.
 
O diretor da Odebrecht disse ter repassado mais de R$ 10 milhões, via caixa 2, às campanhas de Alckmin. Mais dois nomes aparecem nas investigações, são eles: Marcos Monteiro ex-tesoureiro do PSDB e Sebastião Eduardo Alves de Castro advogado.

Além das colaborações, a PF obteve cópia do sistema de informática da empreiteira, análise de extratos telefônicos, obtenção de conversas por Skype.
 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |  13/08/2020 - 11h





POLÍTICA  |  12/08/2020 - 13h


POLÍTICA  |  10/08/2020 - 09h







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb