ECONOMIA

Bolsonaro promete que o auxílio-emergencial será pago até o dezembro.


Reprodução.

Durante a entrega de casas populares na cidade de Ipanguaçu (RN), o Presidente Jair Bolsonaro "prometeu" que o auxílio-emergencial irá até dezembro deste ano.

Bolsonaro disse que ainda não sabe qual será o valor das parcelas,mas deverá variar entre R$ 200 e R$ 600 reais. Na prática, ele confirmou o que já havia sido anunciado por lideranças do Executivo no Congresso e projetado pela equipe econômica.
 
"Vai ser até dezembro, só não sei o valor. Enquanto for possível, nós o manteremos, mas você começa a ter consciência de que ele não pode ser eterno." disse o Presidente.
 De acordo com os cálculos do governo, o pagamento do auxílio emergencial consome R$ 50 bilhões mensais do Orçamento público.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM





google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb