SEGURANÇA

Em Alphaville, Polícia Civil cumpre mandado na casa da esposa de Marcola.




Casa da mulher de Marcola em Alphaville. Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira (16), a Polícia Civil de São Paulo cumpre, 13 mandados de busca e apreensão contra familiares de Marco Willians Herbas Camacho, conhecido como Marcola, considerado um dos líderes de uma das principais facções criminosas do país: o PCC (Primeiro Comando da Capital).

A ação dos agentes inclui buscas em dois endereços ligados à esposa do criminoso, Cynthia Giglioli da Silva, principal alvo da operação. Um salão de beleza, localizado no bairro Casa Verde, na Zona Norte da capital paulista, assim como a residência de Cynthia, em um condomínio de Alphaville, foram locais das buscas. Ao todo, documentos, cartas e R$ 4.000 estão entre as apreensões realizadas.
 
Dois carros e uma moto de luxo também fazem parte dos itens apreendidos pelos agentes, eles se encontram, nesse momento, no Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), que comanda a operação. Além de Cinthia, os sogros de Marcola também são alvos da ação policial. A suspeita é que todos os bens tenham sido adquiridos com dinheiro ilegal.
 
A Polícia Civil e o Ministério Público investigam possível crime de lavagem de dinheiro e ocultação de bens. Vale lembrar que Marcola está preso desde fevereiro de 2019. Mas, como apontam as investigações, segue com muitos bens de origem ilícita em nome de parentes.
 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



SEGURANÇA  |   18/02/2021 16h28





SEGURANÇA  |   12/02/2021 15h00


SEGURANÇA  |   09/02/2021 16h40







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb