SAÚDE

Infecções por covid entre jovens de 10 a 29 anos bate recorde em São Paulo.




Divulgação

No estado de São Paulo, o número de jovens entre 10 e 29 anos contaminados pela covid-19 alcançou um novo recorde. O índice foi atingido nos 12 primeiros dias de janeiro, reflexo das aglomerações que ocorreram durante as festas de final do ano. As informações coletadas pela Globo News tomam como base dados divulgados pelo Governo de São Paulo entre os meses de março do ano passado até os 12 primeiros dias de janeiro deste ano.

A evolução do percentual de jovens infectados pelo coronavírus entre 10 a 19 anos em março de 2020 representava apenas 1% dos infectados. Em julho, a taxa subiu para 1,7%. No mês de maio, o número evoluiu para 3%, em junho para 4,1% e em julho passou para para 5%. O ano de 2020 terminou com registros de infecção nessa faixa de idade em 5,4%. Em janeiro deste ano, o percentual está em 6,7%.
 
Já a faixa etária dos jovens entre 20 a 29 anos em março de 2020 registrava um percentual de 11,7% de infectados. Os números estabilizaram em 18% nos meses de agosto a outubro e voltaram a crescer em novembro, quando a taxa passou para 19,5%.

Os índices de contaminação voltaram para 18% em dezembro, mas após as festas de final de ano, o número de jovens entre 20 a 29 anos infectados pela covid-19 atingiu o pico de 20,7% em janeiro de 2021. Na contramão dos dados dos jovens, pessoas entre 40 e 60 anos tiveram menos infecções pela covid-19. Nos adultos de 30 a 39 anos, os índices permaneceram estáveis entre 2020 e o janeiro deste ano.
 
 
 
 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






SAÚDE  |   27/02/2021 11h07







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb