ESPORTES

Jogadores criam grupo para decidir se disputam Copa América


Foto:(Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Para definir que posição tomar diante da realização da Copa América em meio ao recrudescimento da pandemia de covid-19 na América do Sul, jogadores de todas as dez seleções do continente criaram um grupo no Whatsapp a fim de definir uma posição em conjunto sobre a participação ou não no torneio. Também está em pauta uma eventual manifestação de protesto caso a Copa seja confirmada.
 
Pela Argentina, o atacante Sergio Agüero está entre os que fazem parte da discussão, assim como Luiz Suárez, do Uruguai, o goleiro Claudio Bravo, do Chile, e o meia Cuadrado, da Colômbia. Casemiro, do Brasil, também tem mantido contato com os colegas que jogam na Europa e fazem parte das seleções sul-americanas. Todos eles querem ter o cuidado de dialogar com suas respectivas comissões técnicas e as federações locais para que não sejam acusados de cometer ato de indisciplina.

O maior temor do grupo é a exposição a alguma cepa mais agressiva do coronavírus, cuja disseminação está acelerada, principalmente no Brasil, confirmado há poucos dias como país-sede da Copa. Alegam que estariam pondo suas famílias em risco e esse é o argumento que consegue mais adesão ao grupo.
 
Jogadores do Paraguai e do Equador, segundo o Terra apurou, foram contatados na tarde dessa quinta-feira (3) e se integraram aos demais. Bolivianos, peruanos e venezuelanos também têm participado das discussões. A programação da Copa América prevê a abertura da competição no dia 13 de junho.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ESPORTES  |   23/07/2021 16h22





ESPORTES  |   22/07/2021 10h31







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb