POLÍTICA

Governo estuda zerar imposto do diesel a partir de 2022, diz Bolsonaro


Foto:(Foco do Brasil/Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (6) que o governo federal estuda zerar o imposto federal que incide sobre o diesel a partir de 2022. Deu a declaração a apoiadores no Palácio da Alvorada antes de viajar para Joinville (SC).
 
"Sabemos que o combustível está com preço, no meu entender, caro. Temos que buscar maneira de reduzir o máximo possível. Não gosto de falar em promessas, mas gostaria de zerar o imposto federal do diesel a partir do ano que vem. Gostaria, vou me empenhar sobre isso. Não posso garantir que será feito, digo, não é uma promessa, é um estudo", disse.

Um dos visitantes do Palácio disse ser caminhoneiro. A possibilidade de uma nova greve da categoria ainda enfrenta resistências, mas voltou ao radar nos últimos dias. 

O Cntrc (Conselho Nacional de Transporte Rodoviário de Cargas) prometeu parar e grupos que eram contrários ao movimento também já falam em aderir à paralisação. Na pauta, os preços do diesel e a tabela do frete. 
 
O movimento, no entanto, não é unânime. A Abcam (Associação Brasileira dos Caminhoneiros), por exemplo, é contra. A associação diz preferir concentrar esforços em "questões técnicas que possam aumentar o rendimento do caminhoneiro". 

O governo também minimiza a possibilidade de haver greves. O Ministério da Infraestrutura afirma que as entidades que estão à frente do movimento não representa o setor de transporte rodoviário de cargas autônomo.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |   04/07/2022 10h07





POLÍTICA  |   01/07/2022 16h27







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb