EDUCAÇÃO

Professores do Estado só voltam após imunização completa, determina a Justiça


Foto:(Amanda Perobelli/Reuters)

O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que o governo estadual não convoque os professores para aulas presenciais antes que tenham sido totalmente imunizados, entendida como 14 dias após a aplicação da segunda dose ou dose única.
 
A decisão, em caráter liminar (provisório), foi determinada na segunda-feira (16) pelo juiz Emílio Migliano Neto, da 7ª Vara da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça de São Paulo, em uma ação civil pública a pedido do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp). Em nota, a secretaria estadual de Educação disse que "Procuradoria Geral do Estado já recorreu e aguarda o posicionamento da Justiça. A pasta orientou as escolas e Diretorias de Ensino que cumpram a decisão liminar. Também salienta que 51% dos servidores da educação da rede estadual já receberam a segunda dose ou dose única da vacina contra Covid".





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



EDUCAÇÃO  |   27/11/2021 10h34





EDUCAÇÃO  |   26/11/2021 08h42


EDUCAÇÃO  |   23/11/2021 15h44







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb