FUTEBOL - ESPORTES

CBF discorda de remarcação de jogo interrompido pela Anvisa


Foto:(Reprodução)

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) afirmou na 2ª feira (14.fev.2022) que discorda do resultado da decisão anunciada pelo Comitê Disciplinar da Fifa sobre a partida interrompida entre as seleções de Brasil e Argentina, no dia 5 de setembro de 2021, em São Paulo, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo.
 

"A entidade destaca ainda que já solicitou à Fifa os fundamentos da decisão proferida e, após análise da Diretoria Jurídica e da Presidência, informará as providências a serem adotadas na sequência do processo", diz nota da CBF.

 
"O Comitê Disciplinar da Fifa decidiu que a partida deve ser repetida em uma data e local a serem decididos pela Fifa", afirmou na segunda-feira (14) a entidade que comanda o futebol mundial. "Concluiu-se que o abandono da partida foi devido a várias falhas das partes envolvidas em suas respectivas responsabilidades e/ou obrigações", acrescentou o comunicado.

A partida pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo foi suspensa 5 minutos depois do pontapé inicial. Agentes da Anvisa entraram em campo por causa da participação de 4 jogadores argentinos que descumpriram as normas sanitárias em vigor por causa da pandemia do novo coronavírus.
 
A Fifa também determinou que a CBF e a AFA (Associação de Futebol Argentino) paguem multas "pelo não cumprimento de suas obrigações em termos de ordem e segurança". Além disso, os jogadores argentinos Emiliano Buendia, Emiliano Martínez, Giovani Lo Celso e Cristian Romero foram suspensos por 2 jogos cada por não cumprirem os protocolos de combate à covid-19.






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ESPORTES  |   14/08/2022 11h27





ESPORTES  |   13/08/2022 11h07


ESPORTES  |   12/08/2022 16h15







google.com, pub-8716156245551661, DIRECT, f08c47fec0942fa0 facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb facebook-domain-verification=8oizd3j6a3sk7a47ngn154tlepi1hb